Tejo

Nome Concelho
Quinta do Casal Branco Almeirim
Quinta da Lagoalva Alpiarça
Vale d'Algares Cartaxo

Esta região desde há muito recuperou da fama de só produzir vinhos para vender a granel, ou para destilar a fim de se obter aguardente usada para fortificar os vinhos Generosos do Porto e de Carcavelos.

Hoje, esta região muito fértil situada no vale e na bacia do rio Tejo, é considerada um paraíso para jovens enólogos e produtores radicais que, em conjunto, fazem vinhos revolucionários e excelentes com óptima relação preço-qualidade.

Ao contrário de algumas das regiões do Norte, o Tejo consiste principalmente de extensas propriedades onde a vinha é apenas uma pequena parte, mas que conta muito para a realidade económica da área.

Os vinhos brancos e tintos, bem como os rosados, são vinhos de corpo inteiro, encorpados, volumosos na boca, com grau de álcool elevado, equilibrados e capazes de envelhecer e melhorar, em garrafa, durante vários anos. Os rosados são para servir imediatamente depois de feitos de forma a que possamos apreciar toda a sua frescura.